Blog

Redes Sociais LinkedIn anuncia uma nova guia “Produtos” para empresas

A nova guia fornecerá um espaço dedicado para empresas mostrarem suas ofertas de produtos e destacar seus principais recursos: “Com as Product Pages [páginas de produtos], você pode destacar endossos de produtos e depoimentos de seus usuários, reunir avaliações e comentários de usuários atuais e gerar leads com um botão de ‘call-to-action’ personalizado, como uma solicitação de demonstração ou formulário de contato de vendas. No novo ‘Guia Produtos’, você pode adicionar novos produtos que deseja apresentar e incluir media como vídeos ou capturas de tela do produto, descrições e muito mais“.

Na imagem acima, retirada do material de divulgação da plataforma, pode-se ver que a nova guia ficará na página corporativa das empresas e vai apresentar os produtos oferecidos pela mesma. Se mais de um produto for listado, eles serão organizados por ordem alfabética.

Porém, é o próprio LinkedIn que fará a curadoria dos produtos que serão divulgados (segundo a explicação do FAQ do novo serviço) – ao configurar a guia Produtos pela primeira vez, a plataforma te apresentará uma lista de produtos que passaram por essa curadoria: “Fizemos a curadoria de sua página com base nos dados existentes do site da sua empresa e da plataforma LinkedIn“.

A ideia dessa curadoria é que o LinkedIn garanta que as listas de produtos das empresas sejam precisas e relevantes e não sejam usadas para exibir itens ou ofertas aleatórias que “não se encaixam”, fornecendo mais garantia da legitimidade a esses produtos oferecidos. Porém, as empresas podem enviar solicitações de alteração para essas listagens se acharem necessário.

Depois de criada a guia Produto e uma lista dos produtos disponíveis, a empresa pode adicionar logotipos de produtos, descrições, recursos visuais e uma exibição dos clientes existentes para cada um. Também podem ser adicionados públicos-alvo para seu produto: “Adicione até 10 funções de trabalho ou indique que seu produto é destinado a todos. Seja abrangente ao adicionar seus usuários-alvo, pois isso afeta como seu produto aparece nos resultados de pesquisa do LinkedIn“.

Além disso um CTA pode ser vinculado, com seis opções de escolha: Baixe Agora | iniciar | Solicitar demonstração | Tente agora | Contate-Nos | Saber mais; e uma URL de CTA, junto com um link de site, para orientar o tráfego direto de sua vitrine de produto.

Preenchidas todas as informações, sua lista de produtos estará pronta para ser publicada.

Além das páginas de empresas, o LinkedIn já teve páginas de demonstração por anos, como uma maneira de destacar diferentes divisões dentro das empresas. A guia Produtos, agora, adiciona um próximo elemento. Além disso, a plataforma sinalizou que em breve pretende lançar uma opção de serviços também. Todas essas ferramentas se somam e fornecem uma visão geral e muito mais completa das ofertas dos negócios presentes na maior rede profissional do mundo.

O guia para a página de Produtos pode ser acessado aqui (em inglês).

Fonte: Social Media Today

Detalhes Do Autor

PRECISA DE AJUDA ?