Skip links

Dicas do Facebook sobre como utilizar as Playlists e Séries de Vídeos

A empresa tem compartilhado uma série de insights sobre suas várias ferramentas de vídeo, semanalmente, por meio de entrevistas com a equipe que está de fato trabalhando nelas – o que tem fornecido uma perspectiva interessante sobre os objetivos ao adicionar cada função, e a que necessidades ela pode servir.

As que já foram disponibilizadas são as seguintes:

Aplicativo Creator Studio
Otimizando as transmissões ao vivo do Facebook
Live Producer
Usando música em vídeos
Insights de vídeo no Creator Studio

E o vídeo mais recente publicado analisa as playlists (listas de reprodução) e as séries de vídeos, e como cada uma das opções pode ajudar os criadores a maximizar sua exposição e visualização de diferentes maneiras. O vídeo mostra a diferença entre as opções da lista de reprodução e da série e por que as opções foram criadas:

O Facebook Watch é um destino de vídeo e conforme o Facebook Watch continua a crescer, nós realmente queríamos nos concentrar em tornar a publicação de vídeos no Facebook mais flexível do que nunca e, com isso, queríamos criar novas maneiras poderosas de publicar, organizar e conduzir a descoberta em torno de seu conteúdo. Listas de reprodução e séries são uma maneira de fazer isso, e um tipo de formato de conteúdo para permitir três coisas – organizar vídeos, conduzir a descoberta e publicar conteúdo“.

Segundo a explicação da empresa, as Playlists são uma coleção de vídeos que compartilham um tema ou tópico específico, não um grupo de ‘episódios’ em uma série como tal. Já as Séries são vídeos dentro da mesma sequência de programa, reunindo um programa em um conjunto. A série também permite que os criadores juntem trailers e adicionem temporadas adicionais, para que os espectadores possam assistir ao conteúdo em ordem cronológica.

Você pode assistir o vídeo aqui: Using Playlists and Series with Astha

O portal Social Media Today trouxe um pequeno resumo do conteúdo e nós compartilhamos aqui com vocês:

  • O Facebook diz que a diferença entre as duas opções é que, se seu conteúdo conta como episódios em um conjunto, então é uma Série, mas se você está fazendo tutoriais e conteúdos temáticos que não necessariamente se encaixam em uma série de TV de formato tradicional, mas podem ser agrupados, então a lista de reprodução é uma opção melhor.
  • Então, por que os criadores devem usar essas opções?
    Bem, além de ajudar a guiar os espectadores através de suas séries e conjuntos em ordem sequencial, o Facebook também observa que agrupar seu conteúdo pode aumentar o engajamento, mantendo as pessoas olhando mais conteúdo que você criou.
  • Além disso, o Facebook observa que, ao organizar seu conteúdo em temas e tópicos, você aumenta suas chances de ser encontrado em pesquisas relacionadas.
    Quando as pessoas estão realmente pesquisando por suas listas de reprodução e séries, os vídeos que estão nessas listas de reprodução e séries aparecerão mais nos resultados de pesquisa“.
  • O Facebook também observa que as Listas de Reprodução e as Séries têm, cada uma, um URL exclusivo, que pode ajudá-lo a obter mais visualizações para suas coleções, direcionando seu público para suas coleções de vídeo.
  • Os criadores podem construir listas de reprodução e séries no Estúdio de Criação, com opções específicas nas ferramentas da Biblioteca de Conteúdo.
  • Os criadores também podem adicionar seus vídeos a uma lista de reprodução ou série existente na fase de upload no Facebook, o que também se aplica a uploads em massa.

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: